Pages

sábado, 19 de junho de 2010

Darkness

Costumava a ter medo do escuro. Não do escuro em si, mas do que poderia haver nele. Era algo tão irracional que me desgastava todas as noites e as transformava em um inferno.
No fundo, acho que amadureci, pois com o tempo, esse problema se tornou suportável.
Hoje, anseio pelo meu momento com a escuridão. As únicas horas do dia em que posso deitar e absorver o dia que se passou. Lamentar pelas escolhas mal feitas que mudaram o ambiente à minha volta e me colocaram onde estou hoje.
E com isso, percebi que não tenho mais medo de coisas surreais que supostamente estariam me observando. Tenho mais coisas com o que me preocupar.

- - - - - ~

Ha, sou uma idiota. Fiz um blog e larguei ele às moscas.
Não que alguém se importe com o que eu posto aqui. (Escrevi sem pensar então podem haver erros)

Mudando de assunto. . .
Semana que vem é meu aniversário e eu não estou animada. Começando que poucos vão lembrar dele por conta própria (orkut nem vale) e que não vou ganhar nada. ;]
E por conta das circunstâncias, quando me perguntam o que vou fazer pra comemorar, sou obrigada a responder "nada".

 
Ocorreu um erro neste gadget
Come back later ;)